Cólera já matou mais de 200 pessoas no Haiti

Mais de 3 mil pessoas estão sendo tratadas em hospitais e centros médicos ao redor do país

EDUARDO MAGOSSI, Agência Estado

23 de outubro de 2010 | 15h06

A epidemia de cólera que assola o Haiti já matou mais de 200 pessoas, de acordo com informações divulgadas pelo Ministério da Saúde neste sábado. "Mais de 208 pessoas já morreram", disse o diretor geral do ministério, Gabriel Thimote. Ele disse que a maior parte das vítimas são de Artibonite, área rural da região central do Haiti.

Mais de 3 mil pessoas estão sendo tratadas em hospitais e centros médicos ao redor do país. Além disso, 50 detentos de uma prisão da região afetada estão infectados com a cólera, e três presos já morreram.

De acordo com a médica Jocelyne Pierre-Louis, a situação está sob controle. A população não deverá entrar em pânico, mas as pessoas precisam adotar medidas higiênicas. De acordo com informação da CNN, uma equipe de apoio do Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos Estados Unidos será enviada ao Haiti para ajudar nos esforços de combate à cólera. As informação são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Haiticóleraepidemia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.