Colômbia apreende uma tonelada de cocaína

Droga pode valer no mercado americano US$ 23,5 milhões; 5,9 mil balas para fuzil também foram apreendidos

Efe,

26 de julho de 2008 | 04h36

Forças combinadas da Marinha e do Exército colombianos apreenderam na sexta-feira, 25, uma tonelada de cocaína e 5.900 balas para fuzil escondidos em uma zona pantanosa do noroeste do país, informaram fontes oficiais. A droga e a munição "estavam escondidos em um cano do Lodaçal Marimonda, no Golfo de Urabá", cerca de 800 quilômetros ao noroeste de Bogotá. Segundo uma nota da Marinha, muito perto foram detidos dois homens que estão sendo investigados por relação com o carregamento de cocaína e com as balas. A cocaína pode valer nos mercados do Estados Unidos, para onde presumivelmente seria enviada, US$ 23,5 milhões, segundo as fontes. Horas antes a Marinha tinha apontado que até agora encontrou e confiscou 46 toneladas de cocaína e quatro submersíveis. Além disso, informou também da descoberta e apreensão de 20 mil cartuchos de fuzil e 100 quilos de explosivos que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) tinham escondido em uma paragem do selvático município de Cumaribo (leste).

Tudo o que sabemos sobre:
cocaínaapreensão de drogasColômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.