Colômbia diz que Farc queriam fabricar bomba radioativa

As Forças Armadas Revolucionárias daColômbia (Farc) pretendiam obter material radioativo para fazeruma "bomba suja", disse o vice-presidente da Colômbia,Francisco Santos, nesta terça-feira. Santos afirmou durante Conferência de Desarmamento daOrganização das Nações Unidas (ONU), em Genebra, que arquivosencontrados nos computadores de Raúl Reyes, o número dois dasFarc, mostraram que o grupo estava em negociação para adquirirmaterial radioativo com a intenção de construir uma bomba. A Colômbia disse no sábado que suas tropas haviam matadoReyes em uma operação dentro do território do Equador. Oincidente provocou uma enorme tensão diplomática entreColômbia, Equador e Venezuela. (Reportagem de Jonathan Lynn)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.