Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Colômbia diz que helicóptero do Equador violou espaço aéreo

Segundo governo colombiano, tripulação fez manobra invasiva e voltou ao país sem dar explicações

Reuters,

31 de março de 2008 | 16h04

A Colômbia declarou nesta segunda-feira, 31, que um helicóptero militar do Equador violou seu espaço aéreo. Segundo o governo colombiano, a tripulação fez uma manobra invasiva e voltou ao país vizinho sem dar nenhuma explicação. A acusação de Bogotá aconteceu horas depois de o Equador entrar com ação contra a Colômbia no Tribunal Internacional de Haia para o país suspender e ressarcir o Equador pelas fumigações que faz há quase um ano na fronteira entre os dois países, para combater as plantações de folha de coca.  Veja também:Equador entra com ação contra Colômbia na Corte de HaiaO governo colombiano informou que a aeronave militar equatoriana, do tipo Gazella, foi interceptada por dois helicópteros Black Hawk que a obrigaram a pousar e depois mandaram que se dirigisse a um aeroporto da região. "Uma vez no ar, o helicóptero equatoriano, escoltado por dois helicópteros colombianos, desceu bruscamente e fez um vôo rasante em direção ao sul, desobedecendo as instruções dadas pelas nossas autoridades", informou um comunicado oficial. Bogotá e Quito enfrentam tensões diplomáticas depois de uma operação do Exército colombiano dentro do território do Equador, no começo de março, na qual morreu o número 2 das Farc, Raúl Reyes.  

Tudo o que sabemos sobre:
ColômbiaEquadorespaço aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.