Colômbia e Equador retomam cartilha de segurança após crise

Colômbia e Equador acertaramnesta quarta-feira retomar provisoriamente uma cartilha desegurança, após uma reunião de chefes militares de ambas asnações no Panamá, disseram mediadores. As relações entre os países estão prejudicadas desde março,quando o Exército colombiano realizou uma operação contra aguerrilha Farc em território equatoriano, causando uma criseregional. Após oito horas de negociações, os chefes militaresconcordaram reforçar a segurança com um pacto fronteiriço,suspenso desde março, disseram mediadores da Organização dosEstados Americanos (OEA). "Concordaram, os dois comandantes, em pôr em vigênciatemporal a cartilha de segurança que foi adotada em 2006, e queficou em suspenso depois dos incidentes", disse Víctor Rico,enviado especial da OEA. O enviado explicou que os governos de ambos os países aindadevem trabalhar para chegar a mecanismos mais amplos decooperação de segurança. (Reportagem de Andrew Beatty)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.