Colômbia impede ataque das Farc contra prédios do governo

Três homens foram detidos e 50 barras de pentonita e 600 metros de pavio detonante foram apreendidos

Efe,

30 de junho de 2008 | 02h42

Agentes especiais do Departamento Administrativo de Segurança (DAS, inteligência estatal) evitaram um suposto ataque terrorista que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) pretendiam promover contra prédios governamentais da cidade colombiana de Cali, capital do departamento (estado) de Valle del Cauca. Três homens foram detidos. Em declarações a meios de imprensa locais, o diretor do DAS de Valle del Cauca, Jorge Rubiano, disse que as informações permitiram estabelecer que o material explosivo seria utilizado para perpetrar atentados terroristas contra instalações governamentais na cidade de Cali. Acrescentou que o material, 50 barras de pentonita e 600 metros de pavio detonante, estava camuflado em um compartimento secreto de um ônibus de serviço público. Rubiano disse que além das instalações governamentais, os guerrilheiros das Farc também pretendiam atentar contra delegacias de Polícia. Os detidos supostamente pertencem às milícias urbanas da coluna "Jacobo Arenas" das Farc.

Mais conteúdo sobre:
ColômbiaFarcatentados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.