Colômbia intercepta plano das Farc de atentado contra Uribe

Inteligência encontra táxi com 120 quilos de explosivos que seriam usados em ataque a líder colombiano

Associated Press,

10 de junho de 2008 | 20h19

O serviço de inteligência colombiano descobriu nesta terça-feira, 10, um plano das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) para um atentado contra o presidente Álvaro Uribe e um governador provincial. O Departamento Administrativo de Segurança (DAS) declarou em nota que o plano foi descoberto após a interceptação de um táxi que transportava 120 quilos de um explosivo denominado "benclo." Veja também:Após morte de Marulanda, Chávez pede às Farc que selem a pazPor dentro das Farc  O veículo foi achado no domingo por detetives na cidade de Ibagué, no Departamento de Tolima, a cerca de 130 quilômetros de Bogotá, informou o DAS. O condutor do táxi, Wilfredy Alvarez González, teria mencionado as Farc como responsáveis de um plano contra Uribe e o governador de Tolima, Oscar Barrero, durante uma visita do governante àquela região, acrescenta o comunicado da inteligência. Agora, os detetives investigam como seria o ataque. A nota indica que dentro do carro foram encontrados documentos sobre o atentado e indicações da fabricação dos explosivos.

Tudo o que sabemos sobre:
FarcColômbiaÁlvaro Uribe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.