Colômbia tem interesse em encontro com Chávez, diz ministro

A Colômbia admitiu seu interesse em umencontro entre o presidente Álvaro Uribe e o venezuelano HugoChávez, mas disse que a realização depende da disposição domandatário do país vizinho. O encontro é planejado em um momento que as relaçõesdiplomáticas dos países se encontram abaladas, em sua piorcrise nos últimos anos. "A Colômbia tem interesse num encontro entre Chávez eUribe, se o presidente venezuelano estiver disposto", disse oministro das Relações Exteriores colombiano, Fernando Araújo emuma entrevista publicada no domingo pelo diário El Tiempo. O diplomata também disse que o presidente da Venezuela foiconvidado a um Congresso nos dias 28 e 29 de março emCartagena, quando se assinaria o tratado da União das Nações doSul, um esforço de toda a região para alcançar maiores níveisde integração. A crise nas relações diplomáticas entre Bogotá e Caracassurgiu em novembro depois que Uribe cancelou a mediação deChávez diante das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia(Farc) para buscar a liberação de um grupo de refénssequestrados.Na ocasião, Chávez chamou o presidente colombiano de "peão doimpério dos Estados Unidos, mentiroso e covarde". Mesmo com o atrito, Chávez manteve seu papel ativo parabuscar a liberdade de pessoas sequestradas pelas Farc. Eleorganizou em janeiro uma missão humanitária que libertou aspresas políticas Clara Rojas e Consuelo González e que develibertar outros quatro congressistas nos próximos dias. (Tradução Redação São Paulo, 5511 5644-7745)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.