Reuters
Reuters

Com gripe suína, Uribe governará pela internet

Presidente vai administrar o governo pelo seu BlackBerry; sintomas apareceram após encontro da Unasul

Ansa,

31 de agosto de 2009 | 10h05

O presidente colombiano, Álvaro Uribe, cumprirá seus compromissos de governo via internet pelo menos até a próxima terça-feira, já que ele se recupera da gripe suína (H1N1), diagnosticada após a reunião da União das Nações Sul-Americanas (Unasul). Segundo a imprensa local, o mandatário deverá resolver parte dos assuntos internos se comunicando por meio da internet, de seu BlackBerry, e do telefone fixo de seu gabinete no Palácio de Nariño (sede da presidência), onde está de repouso.

 

Caso sinta-se disposto fisicamente, Uribe poderá participar ainda de eventos e reuniões por meio de videoconferências, a fim de evitar que outros funcionários do Executivo do país corram riscos de serem contaminados. De acordo com a Presidência, Uribe foi examinado na sexta-feira passada, assim que apresentou sintomas da doença durante a viagem de volta à Colômbia, após o encontro da Unasul, realizado em Bariloche, na Argentina.

 

Em decorrência disto, o governo colombiano enviou uma mensagem aos outros 11 líderes que participaram do evento, para que estes "tomem as medidas correspondentes". O presidente Luiz Inácio Lula da Silva estava entre os chefes de Governo presentes no encontro.

 

A reunião, realizada em caráter de urgência, tinha como objetivo discutir o acordo militar entre Estados Unidos e Colômbia, que permitirá o envio de até 1.400 efetivos norte-americanos a bases colombianas. Contudo, terminou sem um consenso e o tema passará a ser analisado pelo Conselho Sul-Americano de Defesa.

 

Uribe é o segundo chefe de governo a registrar o vírus da gripe A. Antes, a Costa Rica confirmou que o presidente Oscar Arias estava com a doença. O costa-riquenho já se recuperou. O presidente equatoriano, Rafael Correa, chegou a ficar em observação por alguns dias e viajou a Cuba para realizar uma bateria de exames, a convite do governo da ilha. Três dos funcionários da presidência do Equador foram contagiados.

 

O jornal colombiano El Tiempo informou, citando dados do Instituto Nacional de Saúde (INS), que Uribe é a 621ª pessoa no país diagnosticada com o vírus da nova gripe. A publicação também ressalta que a equipe médica responsável pelo tratamento do presidente garante que seu quadro de saúde não é grave. Ontem, ele já apresentou melhoras.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaH1N1Colômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.