Arte/estadao.com.br
Arte/estadao.com.br

Comunidade brasileira sofre ataque no Suriname

Ataque na cidade de Albina aconteceu na véspera de Natal em represália à morte de um morador local

Agência Brasil,

26 de dezembro de 2009 | 12h28

A comunidade brasileira na cidade de Albina, no norte do Suriname, foi atacada na véspera de Natal em represália à morte de um morador local, informou neste sábado, 26, o Ministério das Relações Exteriores.

Ainda não há informações exatas sobre o número de mortes e feridos, mas dezenas teriam sofrido o ataque. Os brasileiros em condição de risco foram levados para a capital Paramaribo.

O ataque teria sido uma vingança pela morte de um morador supostamente assassinado por um brasileiro, que estaria foragido. A cidade de Albina, na fronteira com a Guiana Francesa, abriga minas de ouro, que emprega brasileiros ilegais.

Tudo o que sabemos sobre:
Surinameviolênciabrasileiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.