Condoleezza Rice visita Brasil e Chile na próxima semana

Encontro deve tratar de biocombustíveis e assuntos econômicos, além da crise diplomática na América do Sul

Efe,

06 de março de 2008 | 17h13

A secretária de Estado dos Estados Unidos, Condoleezza Rice, irá visitar o Brasil e o Chile na próxima semana, para discutir assuntos econômicos e tratar da crise diplomática entre Colômbia e Equador, anunciou um porta voz americano, Tom Casey, nesta quinta-feira, 6.   Veja também:  Rice diz que Colômbia e Equador devem usar diplomacia   Condoleezza deve chegar ao País entre 13 e 15 de março, numa viagem que já estava planejada, mas que adquiriu maior importância após o impasse na América do Sul. Na visita, a secretária deve se encontrar com o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, além do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.   "O Brasil é um país muito importante, que respeita sua liderança no continente e colabora com outros países da região quando é necessário enfrentar algum assunto político preocupante", explicou o porta voz.   Além dos assuntos bilaterais e regionais, Condoleezza deve abordar o tema dos biocombustíveis, numa possível cooperação entre Estados Unidos e Brasil, acrescentou Casey. Além de Brasília, a secretária deve passar por Salvador.   Durante sua visita ao Chile, Condoleezza irá se reunir em Santiago com a presidenta do país, Michelle Bachelet, e com o ministro das Relações Exteriores chileno, Alejandro Foxley.  

Tudo o que sabemos sobre:
Condoleezza RiceBrasilChile

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.