Conflito em penitenciária do México deixa 19 mortos

Um conflito em uma penitenciária do México deixou 19 mortos e pelo menos outros 20 feridos na sexta-feira, no Estado de Durango, norte do país, informaram autoridades.

REUTERS

15 de agosto de 2009 | 14h34

Grande parte morreu durante um confronto entre gangues rivais dentro da prisão, na cidade de Gomez Palácios, disse Barabara Ramirez, porta-voz do secretário de Segurança do Estado.

"Estamos tentando descobrir como as armas entraram na prisão", disse ela. A penitenciária recebe criminosos de baixo a médio risco para segurança.

Durango enfrentou uma explosão de violência entre gangues de traficantes nos últimos meses, mas não está claro se esse incidente da prisão está relacionado ao tráfico.

Pelo menos 13 mil pessoas já morreram vítimas da violência gerada pelo tráfico de drogas desde dezembro de 2006, quando o presidente Felipe Calderón assumiu o governo.

Em torno de 4 mil pessoas foram assassinadas este ano por poderosas gangues na região, enquanto a polícia federal e soldados tentam controlar a situação.

(Reportagem de Luis Rojas Mena e Robert Campbell)

Tudo o que sabemos sobre:
MEXICOREBELIAMORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.