Conselho Nacional Eleitoral do Equador recebe alarme falso de bomba

Esquadrão antibombas teve de evacuar o prédio, mas não encontrou indícios de bomba

Efe,

11 de maio de 2011 | 01h40

QUITO - O esquadrão antibombas da polícia do Equador vasculhou na terça-feira, 10, a sede do Conselho Nacional Eleitoral (CNE) do país após o órgão receber uma ameaça de bomba, mas descobriu-se depois que se tratava de alarme falso.

Segundo fontes da polícia equatoriana, o esquadrão antibombas teve de evacuar o prédio, mas não encontrou indícios de bomba após vasculhá-lo.

O CNE está envolvido na apuração dos votos do referendo realizado no sábado passado, 7, que busca reformar o sistema judiciário e criar um órgão regulador da imprensa.

Tudo o que sabemos sobre:
cnebombaequador

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.