Corpo de chefe do tráfico de drogas do México é roubado

Um grupo armado roubou o corpo do líder do cartel de drogas mexicano Zetas de dentro de uma casa funerária no norte do México, horas depois de ter sido morto em um tiroteio com fuzileiros navais, disse um promotor nesta terça-feira.

Reuters

09 de outubro de 2012 | 13h07

Fuzileiros mexicanos afirmaram que análises forenses preliminares confirmaram por meio das impressões digitais a morte do chefe Zetas, Heriberto Lazcano, um dos homens mais procurados do México.

Lazcano, conhecido como "O Carrasco", é o mais importante chefe do tráfico a ser abatido na ofensiva militar ordenada pelo presidente Felipe Calderón contra os cartéis.

O Zetas, considerado o cartel do tráfico de drogas mais poderoso do México, cometeu alguns dos atos mais repugnantes vistos na guerra do narcotráfico no país, que já deixou cerca de 60 mil mortos durante o mandato de Calderón.

(Reportagem de Simon Gardner)

Tudo o que sabemos sobre:
MEXICOCORPOROUBADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.