Corpos de 17 militares mortos em tremor Haiti voltam ao Brasil

Vítimas passam por procedimentos legísticos adicionais em Manaus; homenagem deve ser feita amanhã

estadao.com.br,

20 de janeiro de 2010 | 10h40

O Centro de Comunicação Social do Exército informou nesta quarta-feira, 20, que os corpos dos 17 militares do Exército que morreram no Haiti, vítimas do terremoto do último dia 12, já estão no Brasil.  Nesta madrugada, foi encontrado o corpo da 18º vítima, o major Márcio Guimarães Martins, que ainda está no Haiti. Na terça-feira,o ministério das Relações Exteriores informou que uma terceira vítima, civil, foi encontrada.

Tragédia no Haiti:

link Policiais atiram em militares por comida 

linkEquipes já resgataram 121 com vida

linkPentágono amplia envio de ajuda

linkNovo tremor de 6,1 atinge o Haiti

 

Segundo a nota, os corpos passam por uma complementação dos trabalhos de medicina legal em Manaus,no Amazonas, devido às dificuldades de infraestrutura no Haiti. Por isso, a aeronave C-130 (Hércules), da Força Aérea Brasileira, que trazia as vítimas, fez o pouso na capital amazonense.

O Exército informou ainda que a cerimônia de homenagens póstumas aos militares, que integravam a Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (Minustah), será realizada na Base Aérea de Brasília, no final da tarde de amanhã, em horário ainda a ser divulgado.

Eles serão recebidos com honras militares, em solenidade coletiva. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá estar presente na cerimônia, além do ministro da Defesa, Nelson Jobim, vários ministros e autoridades dos demais Poderes  e familiares das vítimas.

VEJA TAMBÉM:
video Assista a análises da tragédia
mais imagens As imagens do desastre
blog Blog: Gustavo Chacra, de Porto Príncipe
especialEntenda o terremoto
especialInfográfico: tragédia e destruição
especialCronologia: morte no caminho da ONU
lista Leia tudo que já foi publicado

18ºcorpo

Márcio Guimarães Martins era o último militar dado como desaparecido pelo Exército no Haiti. Na semana passada, 16 oficiais feridos no tremor voltaram ao Brasil.

3ª vítima civil

De acordo com o Itamaraty, o corpo da terceira vítima foi encontrado junto a objetos pessoais que possibilitaram sua identificação. Uma análise de arcada dentária será feita para confirmar a identidade da vítima.

Os outros dois civis mortos são a Dra. Zilda Arns Neumann, coordenadora internacional da Pastoral da Criança, e Luiz Carlos da Costa, chefe adjunto civil da missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no Haiti.

O terremoto de 7 graus na Escala Richter atingiu o Haiti na terça-feira da semana passada e deixou ao menos 72 mil mortos, segundo a Defesa Civil do país caribenho. Há também 250 mil feridos e 1,5 milhão de desabrigados.

 

Com informações da Agência Estado e de Solange Spigliatti, do estadao.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.