Correa confirma presença de Evo Morales em encontro da Alba no Equador

Cúpula pretende discutir soluções para povos indígenas e afrodescendentes

Efe

12 de junho de 2010 | 20h01

QUITO - O presidente do Equador, Rafael Correa, confirmou neste sábado, 12, a presença de seu colega da Bolívia, Evo Morales, na Cúpula com Autoridades Indígenas e Afrodescendentes dos países que integram a Alba, que se realizará entre 24 e 25 de junho, na cidade andina de Otalavo.

 

"Vem Evo Morales, e seguramente Hugo Chávez. Convidamos inclusive Fernando Lugo, e Álvaro Colom da Guatemala", acrescentou Correa em seu informa semanal de trabalhos.

 

Disse ainda que "a Guatemala, junto com a Bolívia, são os países com mais altas porcentagens de população indígena da América Latina. Guatemala não faz parte da Alba, mas a convidamos para o encontro", comentou.

 

"Esperamos que seja um êxito e que possamos tirar desse encontro muitas políticas melhores para os povos indígenas sem cair nos extremismos de alguns grupos", apontou o governante.

 

Ao final de maio passado, a chancelaria informou que a realização do encontro no começo deste mês seria adiado devido a dificuldades nas agendas dos mandatários.

 

A chancelaria havia apontado anteriormente que o evento se daria "por iniciativa do presidente do Equador, Rafael Correa, e pelo seu interesse de realizar um encontro regional para analisar os avanços alcançados pelos países membros da Alba -TCP", em referência à Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América, e o Tratado de Comércio dos Povos. A Alba é integrada pela Venezuela, Cuba, Bolívia, República Dominicana, Nicaragua, Equador, San Vicente e as Granadinas, e Antígua e Barbuda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.