Crime organizado mata 19 em fim de semana violento no México

28 mil pessoas já morreram pelas mãos do crime organizado desde dezembro de 2006

AP,

16 de agosto de 2010 | 17h34

CIDADE DO MÉXICO- Ao menos 19 pessoas morreram neste fim de semana no México, em diferentes atos violentos do crime organizado, informaram fontes oficiais nesta segunda-feira, 16.

 

Em Oaxaca, no sul do país, homens armados assassinaram oito pessoas e empilharam seus corpos em uma caminhonete. Segundo a Procuradoria do estado, as oito vítimas eram homens, sete adultos e um de 15 anos, que aparentemente estavam viajando em uma viagem de caça em uma zona rural de Oaxaca quando foram atacados.

 

Os corpos foram encontrados no domingo, e o motivo dos assassinatos ainda está sendo investigado. Os cadáveres tinham várias marcas de bala, e todos levaram um tiro na cabeça, de acordo com as autoridades.

 

Em Ciudad Juárez, no estado de Chihuahua, que faz fronteira com os Estados Unidos, ao menos seis pessoas foram assassinadas durante uma festa e outros quatro corpos foram abandonados em uma estrada.

 

Juárez, fronteiriça com El Paso, no Texas, é considerada a cidade mais afetada pela violência do narcotráfico, com 1.400 dos 28.000 assassinatos cometidos pelo crime organizado desde que o presidente Felipe Calderón assumiu o poder, em 2006.

 

No estado de Veracruz, no leste do país, a polícia encontrou no domingo os restos mortais de um homem que foi amarrado e depois calcinado.

 

Próximo ao corpo foi localizada uma insígnia da Polícia Federal. A identidade d a vítima ainda é investigada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.