Criminosos deixam 14 cadáveres em rodovia mexicana

Criminosos sequestraram e mataram 14 homens e deixaram seus cadáveres em uma perua Mercedes Benz abandonada em uma importante rodovia no Estado de San Luis Potosí, na região central do México, disse um promotor nesta quinta-feira.

Reuters

09 de agosto de 2012 | 17h05

Os homens haviam sido sequestrados na quarta-feira no Estado de Coauhuila (norte), onde o veículo foi roubado num assalto, segundo um promotor de San Luis Potosí. Os corpos foram encontrados na manhã desta quinta-feira.

O crime tem todas as características dos cartéis de drogas, mas não ficou imediatamente claro qual grupo realizou a ação, nem quem são as vítimas, de acordo com a fonte, que pediu anonimato por razões de segurança.

Os corpos foram deixados perto do local onde em 2011 um funcionário do governo norte-americano foi morto num ataque ao seu carro.

Essa foi a quinta vez nos últimos meses que bandidos desovam 14 cadáveres, e suspeita-se que esse número seja algum tipo de código entre os traficantes.

Em abril, 14 corpos foram pendurados em Nuevo Laredo; no mês seguinte, 14 cabeças foram largadas em uma caixa de gelo na mesma cidade, na fronteira com o Texas.

Em junho, 14 cadáveres foram encontrados num veículo perto da prefeitura de Mante, no Estado de Tamaulipas, e outros 14 numa estrada no vizinho Estado de Veracruz.

Mais de 55 mil pessoas morreram nos últimos seis anos no México em confrontos entre traficantes ou envolvendo os cartéis e as forças de segurança.

(Reportagem de Ioan Grillo)

Tudo o que sabemos sobre:
MEXICOMORTOSRODOVIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.