Cristina Kirchner diz que 1a viagem após vitória será ao Brasil

A presidente eleita da Argentina,a primeira-dama Cristina Fernández de Kirchner, afirmou naterça-feira que será ao Brasil a primeira viagem ao exteriorque fará após a vitória nas eleições de domingo. Ela dissetambém que o presidente norte-americano, George W. Bush,convidou-a a ir a Washington. Em entrevista ao canal CNN em espanhol, Cristina declarouque sua prioridade nas relações internacionais será a AméricaLatina e que sinal disso será a viagem ao Brasil para se reunircom o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Nossa casa é a América Latina, sem negarmos o mundo. Aprimeira visita que vou fazer depois de ter ganhado as eleiçõesé precisamente ao Brasil", disse. "É necessário também configurar-se como blocos sólidos parapoder também articular e negociar com os outros blocos",acrescentou. A Argentina é integrante do Mercosul junto com Brasil,Uruguai e Paraguai -- Chile e Bolívia são associados ao bloco ea Venezuela está em processo de adesão plena. Cristina afirmou que planeja se encontrar com o presidenteuruguaio, Tabaré Vázquez. A Argentina mantém com o país tensasrelações e uma disputa internacional devido à instalação de umafábrica de celulose na parte uruguaia de um rio compartilhado,algo que Buenos Aires rechaça. "Não somente vou me reunir...temos uma excelente relaçãocom Tabaré (Vázquez) e com os irmãos do Uruguai", afirmou àCNN. A presidente eleita disse ainda que recebeu um telefonemade Bush, que a convidou para visitar Washington logo após suaposse, em 10 de dezembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.