CRONOLOGIA-Principais fatos na vida de Fidel Castro

A seguir, os principais fatos na vida do lídercubano Fidel Castro, que anunciou na terça-feira a decisão dese aposentar, após quase meio século no poder. 13 de agosto de 1926 -- Fidel Castro Ruz nasce nalocalidade de Birán (leste de Cuba), filho de um prósperoproprietário de terras de origem espanhola. 26 de julho de 1953 -- Fidel libera uma rebelião contra oditador Fulgencio Batista, mas fracassa na sua tentativa deatacar o quartel Moncada, na cidade de Santiago de Cuba(leste). Maio de 1955 -- Preso após o ataque, Fidel acaba anistiadoe se muda para o México. 2 de dezembro de 1956 -- Fidel e 81 rebeldes desembarcam emCuba a bordo do iate "Granma". A maioria é capturada ou morre,mas um grupo de sobreviventes -- que inclui Fidel, seu irmãoRaúl e o argentino Ernesto "Che" Guevara -- se refugia nasmontanhas da Sierra Maestra, onde inicia uma guerra deguerrilha. 1o. de janeiro de 1959 -- O ditador Batista foge para aRepública Dominicana. A revolução é vitoriosa. 8 de janeiro de 1959 -- Fidel entra em Havana após umpercurso triunfal por toda Cuba. Intitula-se comandante-chefedas Forças Armadas e lança uma transformação política,econômica e social na ilha. 3 de janeiro de 1961 -- Os Estados Unidos rompem relaçõesdiplomáticas com Cuba. 16 de abril de 1961 -- Fidel declara que a revolução ésocialista. 19 de abril de 1961 -- À frente de suas tropas, Fidelimpede a tentativa de invasão realizada por exilados cubanos,com apoio dos EUA, na baía dos Porcos (sul). 7 de fevereiro de 1962 -- Os EUA impõem um embargocomercial total contra Cuba. Outubro de 1962 -- A "Crise dos Mísseis": a presença deogivas nucleares soviéticas em Cuba provoca uma crise entreMoscou e Washington. Muitos temem por uma Terceira GuerraMundial, mas a URSS retira seus mísseis. 1975 -- Fidel envia tropas a Angola para ajudar o governoesquerdista a combater rebeldes apoiados pela África do Sul. 1980 -- "A Fuga de Mariel": Cuba autoriza cerca de 125 milpessoas a viajarem do porto de Mariel para os Estados Unidos. 1990 -- O colapso da União Soviética mergulha Cuba numacrise econômica, o "período especial", como qualifica ogoverno. 14 de agosto de 1993 -- O governo cubano suspende aproibição do uso de dólares, como parte de uma série de tímidasreformas econômicas. 5 de agosto de 1994 -- Centenas de moradores de Havanarealizam o maior distúrbio anti-Fidel desde a revolução. Agosto/setembro de 1994 -- Mais de 35 mil pessoas abandonamCuba em frágeis embarcações caseiras, levando os EUA a conceder20 mil vistos legais anuais a cidadãos cubanos. 24 de fevereiro de 1996 -- Caças cubanos derrubam noestreito da Flórida dois pequenos aviões pertencentes ao grupode exilados Hermanos al Rescate. Quatro tripulantes morrem. 21-25 de janeiro de 1998 -- João Paulo 2o. torna-se oprimeiro papa a visitar Cuba. 25 de novembro de 1999/28 de junho de 2000 -- "A Saga deElián": Fidel lança uma campanha para a repatriação do meninoElián González, de 6 anos, resgatado na costa norte-americanadepois de um naufrágio que matou sua mãe. Elián acaba sendodevolvido à família paterna, em Cuba. 23 de junho de 2001 -- Depois de duas horas de discurso sobo sol, Fidel sofre um breve desmaio. 18 de março de 2003 -- Fidel lança uma onda de repressãocontra dissidentes, levando à prisão de 75 ativistas ejornalistas independentes. 20 de outubro de 2004 -- Fidel fratura o joelho esquerdo eo braço direito ao tropeçar e cair após um discurso no mausoléude Che Guevara, em Santa Clara (centro do país). 31 de julho de 2006 -- Fidel transfere temporariamente opoder a seu irmão Raúl, após se submeter a uma cirurgiaintestinal. 19 de fevereiro de 2008 -- O dirigente anuncia, em mensagemescrita, que não quer mais um mandato como presidente,despedindo-se do poder após quase meio século. Tem 81 anos, ehá um ano e meio não aparece em público.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.