Cruzeiro afunda na Antártica; 152 são resgatados

Equipes de resgate trabalharam na manhã desta sexta-feira, 23, para resgatar os 154 passageiros de um cruzeiro que afundava na região da Antártica após o choque com um objeto. Autoridades da guarda britânica, que patrulha as águas no local, esperam que o Explorer afunde.   O navio Atlantic Dream, que está na região, desviou o seu curso e auxiliou no resgate dos 100 passageiros e 54 tripulantes. Segundo o porta-voz serviço de guarda-costas do Reino Unido, apenas o capitão e um oficial não deixaram a embarcação e todos os outros que estavam a bordo já estavam em botes salva-vidas no oceano.   A Agência Marítima Costeira do Reino Unido confirmou que a embarcação se chocou com algo e estava afundando rapidamente e que, apesar da grande quantidade de gelo na região, o navio tinha estrutura para enfrentá-lo.   As ações de resgate também são coordenadas por oficiais americanos e argentinos. O porta-voz Andy disse para a BBC que as condições meteorológicas na região são boas e que os passageiros do navio são de várias nacionalidades, sem dar mais detalhes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.