Cruzeiro com 104 a bordo fica encalhado na Antártica

Navio da mesma operadora turística se prepara para resgatar passageiros e tripulantes nesta quarta-feira

Efe e Associated Press,

18 de fevereiro de 2009 | 11h31

Um navio de turismo transportará nesta quarta-feira, 18, os 74 passageiros e 30 tripulantes presos em um cruzeiro que encalhou na Antártida, nos arredores de uma base argentina de San Martín. A Argentina informou ainda que o Ocean Nova, que está preso desde terça-feira, realizou manobras para tentar deixar o local, mas foram insuficientes. Foto: AP A Marinha argentina afirmou que o Clipper Adventurer, outro barco para cruzeiros marítimos da mesma operadora do Ocean Nova chegará ao local por volta das 12h (horário local) para transferir os passageiros e tripulantes e levá-los até a cidade de Ushuaia. Em declarações anteriores a imprensa, Roberto Ulloa, porta-voz da Marinha argentina, disse que "a situação está sob controle e não há perigo para as 104 pessoas a bordo". "A embarcação encalhada não informou de perda de combustível nem avarias no casco", advertiu, em comunicado, a Marinha, que até agora desconhece as causas do incidente, embora não descarta que o cruzeiro tenha entrado em uma área de pouca água.

Tudo o que sabemos sobre:
ArgentinaAntartida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.