Cuba anuncia restabelecimento temporário de serviços consulares com EUA

Cuba restabelecerá temporariamente os serviços consulares nos Estados Unidos, suspensos recentemente, já que o banco com o qual trabalha adiou o fechamento da conta de suas missões diplomáticas em Washington e Nova York, afirmou a mídia cubana nesta segunda-feira.

Reuters

09 de dezembro de 2013 | 17h32

Cuba havia cancelado "até novo aviso" quase todos os trâmites consulares nos EUA porque não contava com um banco para operar seus negócios naquele país por causa do embargo econômico norte-americano contra o país há mais de 50 anos.

"Em 6 de dezembro de 2013, o banco M&T informou à Seção de Interesses de Cuba em Washington a decisão de conceder uma prorrogação para o fechamento definitivo das contas das missões diplomáticas cubanas nos Estados Unidos, até 1 de março de 2014", disse o Granma, jornal do governista Partido Comunista.

O banco M&T, de Nova York, havia informado em julho à Seção de Interesses de Cuba em Washington, que funciona como a missão diplomática cubana nos EUA, que não continuaria prestando serviços às missões diplomáticas estrangeiras.

Em comunicado publicado no Granma, o governo cubano disse que a instituição bancária agora "receberá os depósitos por serviços consulares até 17 de fevereiro de 2014".

Cuba e EUA estão em desacordo político desde pouco depois de 1959, quando o ex-presidente Fidel Castro chegou ao poder e instaurou um governo comunista.

(Reportagem de Nelson Acosta)

Tudo o que sabemos sobre:
CUBADIPLOMACIAEUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.