Cuba entrega aos EUA casal acusado de sequestrar os próprios filhos

Cuba autorizou que um avião da polícia federal norte-americana pousasse nesta quarta-feira em Havana para recolher um casal acusado de sequestrar seus próprios filhos e levá-los de barco para a ilha comunista, segundo autoridades da Flórida.

Reuters

10 de abril de 2013 | 18h41

Joshua Michael Hakken, sua mulher, Sharyn, e os filhos Cole, de 4 anos, e Chase, de 2, desembarcaram na manhã desta quarta-feira em Tampa, na Flórida, junto ao cachorro da família, segundo um porta-voz policial do condado de Hillsborough.

O casal, que havia perdido a custódia dos filhos, foi preso por sequestro e outras acusações. As crianças, que estavam "felizes, mas sonolentas", foram devolvidas aos avós maternos, segundo o porta-voz Larry McKinnon.

Joshua Hakken é acusado de ter invadido há uma semana a casa da sua sogra, onde a teria amarrado e fugido com as crianças. Horas depois, a família toda zarpou de um píer na praia Madeira, na Flórida, a bordo do recém-adquirido veleiro Salty, segundo investigadores. Foram denunciados pelo vendedor do navio, que viu um alerta sobre as crianças desaparecidas.

Segundo o jornal Tampa Bay Times, o casal havia perdido a guarda das crianças depois de participar de uma manifestação "antigoverno" em junho na Louisiana, onde a polícia disse ter encontrado Hakken no quarto de hotel ocupado pela família, com uma pistola, maconha e uma faca, e falando em uma "jornada ao Armagedom".

(Reportagem de Saundra Amrhein, em Tampa; e de Jane Sutton, em Miami)

Tudo o que sabemos sobre:
CUBAEUASEQUESTRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.