Cuba iniciará cirurgias gratuitas de mudança de sexo

Cuba anunciou nesta terça-feira que estáperto de oferecer cirurgias gratuitas de mudança de sexo a 27transexuais diagnosticados, um projeto impulsionado por uma dasfilhas do presidente interino, Raúl Castro, e apoiado peloPartido Comunista. Segundo a psicóloga Mariela Castro, diretora do CentroNacional de Educação Sexual, a decisão de autorizar a mudançade sexo será tomada pelo Ministério da Saúde."O Ministério de Saúde Pública aprova tudo que pedimos deatenção integral a pessoas transexuais, incluindo a cirurgia demudança sexual quando for pedido e a pessoa o deseje", afirmouela a jornalistas durante um congresso sobre orientação sexualrealizado em Havana. Uma lei sobre identidade e mudanças legais de sexo, tambémpromovida por Castro, está parada por falta de apoio ecompreensão dentro da sociedade cubana. "Depende da capacidade que tivermos de convencer para queseja o mais rápido possível", disse Castro, que encabeça desde2004 um programa nacional em defesa dos direitos das minoriassexuais. A data de início das operações de mudança de sexo ainda nãofoi determinada. Cuba está treinando a equipe de cirurgiões que seráresponsável pelas operações, em colaboração com especialistasda Bélgica, afirmou Castro. A diretora do Centro Nacional de Educação Sexual disse queseu tio Fidel Castro, afastado do poder desde que adoeceu hámais de 17 meses, está "muito atento" a iniciativas desse tipo. (Por Rosa Tania Valdés)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.