Cuba publica foto de Fidel em boa forma

Ex-líder cubano aparece ao lado de Rafael Corrêa, presidente do Equador

MARC FRANK, REUTERS

23 de agosto de 2009 | 13h06

Fidel Castro tem se mantido afastado desde 2006                                                                             EFE

 

HAVANA - Um jornal oficial cubano publicou neste domingo uma foto do ex-presidente Fidel Castro, de 83 anos, aparentemente com boa saúde em encontro com o presidente do Equador, Rafael Correa.

A foto de Castro, cobrindo quase toda a capa do jornal Juventud Rebelde, mostra um Fidel em forma, de pé, vestindo uma camisa branca de manga curta em seu encontro com Correa, que iniciou uma visita privada à Cuba poucos dias atrás.

Fidel Castro, o líder da revolução cubana de 1959 que levou o comunismo à ilha do Caribe, tem se mantido longe do olhos públicos nos três últimos anos e em 2008 entregou a presidência ao seu irmão mais novo Raul Castro por motivos de saúde.

Várias fotografias de Fidel encontrando chefes de Estado e outros visitantes têm sido divulgadas fora de Cuba e na Internet nos últimos meses. Mas o acesso à Web é severamente restrito em Cuba.

A foto do Juventud Rebelde do antigo líder é a primeira a ser publicada dentro do país pela mídia estatal desde 17 de fevereiro, quando Fidel Castro encontrou a presidente chilena Michelle Bachelet.

Uma breve nota oficial afirma que Fidel e Correa, que está em Cuba para descansar e para fazer um check-up médico, conversaram por horas na sexta-feira sobre recentes acontecimentos em seus respectivos países, na América Latina e no mundo.

Embora Fidel, que completou 83 anos no último dia 13, deixe a administração diária do governo em grande parte para seu irmão Raul Castro, que tem 78 anos, ele continua influente por trás da cena e escreve comentários regulares para a mídia estatal.

O último vídeo em que Fidel aparece é de junho de 2008, em um encontro com Raul Castro e o presidente venezuelano Hugo Chávez.

Tudo o que sabemos sobre:
CUBAFOTOFIDEL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.