Cuba registra crescimento econômico pelo quarto ano seguido

A Cuba informou nesta sexta-feira quesua economia cresceu 7,5 por cento em 2007, o quarto anoseguido em que o país registra um grande aumento no ProdutoInterno Bruto (PIB) desde que mergulhou em uma crise econômicaapós o fim da União Soviética. O ministro da Economia e Planejamento, José Luis Rodriguez,disse em uma sessão parlamentar de fim de ano que a meta de 10por cento não foi alcançada devido às fortes chuvas que caemdesde o começo dos anos 1960, atrasos em importações e outrosfatores. Rodriguez previu crescimento de 8 por cento no PIB cubanoem 2008. "Os resultados são significativos e acima do padrão de 5,4por cento da região... e ao mesmo tempo demostram aconsolidação gradual da economia", acrescentou o ministro. Rodriguez relatou uma alta de 24,7 por cento no setoragrícola, 7,8 por cento na atividade industrial, 7,9 por centona área de transportes e 11,7 por cento para os serviços. O crescimento foi de 12,5 por cento em 2006, 11,8 por centoem 2005 e 5 por cento em 2004, baseado em uma fórmula cubanaque especialistas avaliam que impulsiona o PIB em 3 a 4 pontospercentuais. (Reportagem adicional de Nelson Acosta)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.