Dados das Farc levam Costa Rica a achar US$ 480 mil

A polícia da Costa Rica encontrou 480mil dólares numa casa citada num computador que pertenceu a umdirigente das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia(Farc). A Interpol investiga mais esconderijos de dinheiro daguerrilha colombiana em outros países, disseram autoridades nasegunda-feira. Os dólares foram achados na sexta-feira no cofre de umacasa na localidade de Heredia, 12 quilômetros a oeste de SanJosé, segundo a polícia local. Ninguém foi preso. A polícia chegou ao domicílio graças a pistas achadas nocomputador que pertencia a Raúl Reyes, dirigente das Farc mortono começo do mês num bombardeio das forças colombianas contraseu acampamento, em território equatoriano. Em Bogotá, o diretor da Polícia Nacional da Colômbia,general Oscar Naranjo, disse que o contato das Farc na CostaRica foi identificado como Eleuterio Pérez Jiménez, e que aInterpol colabora na operação para prendê-lo. "Estamos falando de uma pessoa vinculada ao PartidoComunista da Costa Rica, uma pessoa mais velha, uma pessoa querealmente tem muitos anos de trajetória na esquerdacentro-americana e que hoje é intensamente procurada pelasautoridades", disse Naranjo a jornalistas. As investigações, segundo ele, estão orientadas paradescobrir se há mais dinheiro da guerrilha na Costa Rica e emoutros países "e qual era o propósito de ter armazenado ali umaquantidade tão significativa de dólares". (Reportagem de John McPhaul, na Costa Rica, e Luis JaimeAcosta, na Colômbia)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.