Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Depois de visita, Chávez diz que Fidel está 'cheio de idéias'

Fidel, que não aparece em público desde que ficou doente em julho de 2006, foi substituído por Raúl Castro

REUTERS

09 de março de 2008 | 12h20

O presidente venezuelano Hugo Chávez fez uma visita a seu amigo e mentor Fidel Castro no sábado, pela primeira vez desde que o líder cubano de 81 anos renunciou ao poder em fevereiro. Chávez disse que o encontrou feliz e cheio de idéias. Chávez passou toda a manhã conversando com Fidel durante uma escala em Cuba depois de participar de cúpula de dirigentes latino-americanos realizada em Santo Domingo, na República Dominicana. O encontro resultou em acordo entre a Colômbia e o Equador após tensões relacionadas a invasão de fronteira. "Encontrei Fidel feliz, esplêndido e cheio de idéias, cheio de idéias profundas e sábias", disse Chávez à TV cubana. Fidel, que não aparece em público desde que ficou doente em julho de 2006, foi substituído em 24 de fevereiro por seu irmão Raúl Castro, após quase meio século comandando o governo comunista cubano. Chávez, que tem fornecido a Cuba petróleo a preços generosos, também se encontrou com Raúl Castro, ainda quando chegou a Havana na sexta-feira. "Conversei por um logo período com Chávez. Somos irmãos", disse Fidel Castro em uma nota distribuída à imprensa pelo governo. Fidel e Chávez acusaram os Estados Unidos de estar por trás da incursão da Colômbia em território equatoriano quando um líder das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) foi assassinado, gerando uma crise diplomática entre países da América Latina. Eles também disseram que a solução de paz significava uma "derrota para o imperialismo dos EUA". (Reportagem de Anthony Boadle)

Tudo o que sabemos sobre:
CUBACHAVEZ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.