Descarrilamento de trem deixa ao menos 30 feridos na Argentina

Cerca de 30 pessoas sofreram ferimentos nesta segunda-feira na Argentina durante o descarrilamento de um trem de passageiros a poucos metros de uma das principais estações ferroviárias de Buenos Aires, após uma série de acidentes nos últimos meses, incluindo um que causou a morte de 51 pessoas.

Reuters

06 de agosto de 2012 | 17h17

O trem ficou atravessado nos trilhos depois de bater contra uma torre de sinalização quando fazia o trajeto entre a cidade de Tigre, na populosa periferia norte da capital argentina, e a estação terminal de Retiro, no centro da cidade, segundo informou a mídia local.

Muitos passageiros feridos foram transferidos a hospitais próximos. De acordo com o serviço de emergências de Buenos Aires, 31 pessoas ficaram feridas.

Os trens que fazem a ligação entre Buenos Aires e sua populosa periferia se encontram em precário estado de manutenção, segundo denúncias de usuários e empregados.

O mais grave acidente ocorreu em fevereiro, quando uma composição não freou ao entrar em uma estação na área central da cidade e acabou parando em uma plataforma, deixando 51 mortos e centenas de feridos.

(Reportagem de Guido Nejamkis)

Tudo o que sabemos sobre:
ARGENTINATREMDESCARRILA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.