Descobertos 1,2 mil corpos em vala comum no Chile

Os corpos podem ser da Matança da Escola Santa Maria, de 1907, protesto vivido por trabalhadores chilenos

25 de agosto de 2007 | 16h45

O Chile divulgou nesta semana imagens de 1.200 corpos descobertos no Instituto Médico Legal de Iquique, que podem ser da Matança da Escola Santa Maria. O episódio é considerado um dos protestos mais trágicos vividos pelos trabalhadores chilenos.   No dia 21 de dezembro de 1907, foram assassinados a mando do governo de Pedro Montt mais de 3.00 trabalhadores do salitre- a maioria peruanos e bolivianos.   Eles estavam em greve por melhores salários e para que se mudasse o sistema de pagamento de vales para dinheiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.