Deslizamento de terra deixa 76 feridos em hotel argentino

Complexo turístico fica em área de encostas a 25 km da cidade de Jujuy e 1,6 mil km de Buenos Aires

EFE,

13 de janeiro de 2010 | 17h09

Pelo menos 76 pessoas ficaram feridas no norte da Argentina após um deslizamento de terra que cobriu parte de um hotel, confirmaram nesta quarta, 13, fontes oficiais.

 

Grupos de bombeiros e da polícia da província de Jujuy, a 1.600 quilômetros de Buenos Aires, reiniciaram a remoção de escombros e os trabalhos para conter o arroio Farfán, que transbordou ontem e causou o deslizamento.

 

O governador de Jujuy, Walter Barrionuevo, assegurou que se dará assistência aos afetados e que vários feridos retornaram para suas casas, embora oito deles permaneçam internados. Um deles, uma menina de 3 anos, está em tratamento intensivo.

 

Muitos dos feridos são turistas que aproveitavam as piscinas de águas quentes do hotel Termas del Rey, quando o deslizamento cobriu-as com terra.

 

O complexo turístico fica em uma área de encostas a 25 quilômetros da cidade de Jujuy, capital da província homônima.

Tudo o que sabemos sobre:
Argentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.