Deslizamento deixa 8 mortos no México

Passagem de furacão Karl provocou chuvas torrenciais no país; pessoas estão desaparecidas

REUTERS

21 de setembro de 2010 | 21h50

Equipes de resgate e policiais carregam corpo no vilarejo de Coatepec  

 

VILLA GUERRERO, MÉXICO- Ao menos oito pessoas morreram após o deslizamento de um morro em uma área rural perto da Cidade do México em consequência de chuvas torrenciais que castigaram o país após a passagem do furacão Karl, que matou 16 pessoas, informou a polícia nesta terça-feira, 21.

Autoridades disseram que um número desconhecido de pessoas ainda estão desaparecidas após o deslizamento, que aconteceu na noite de segunda-feira em uma região montanhosa a sudoeste da Cidade do México.

Algumas partes do México estão sofrendo com a pior temporada de chuvas já registrada, que provocou alagamentos e forçou milhares de pessoas a deixarem suas casas na região sudeste.

Para piorar ainda mais a situação, a companhia estatal de energia foi obrigada a abrir as comportas de várias hidrelétricas da área para aliviar a pressão.

O furacão Karl atingiu o México na sexta-feira perto da cidade de Veracruz, no Golfo do México, inundando várias comunidades e provocando deslizamentos de encostas. Segundo as equipes de resgate, 15 pessoas morreram vítimas da passagem do furacão.

A chuva forte no norte do México também matou uma pessoa e deixou centenas de desabrigados perto da capital financeira do país, Monterrey, de acordo com a mídia local.

O México também se prepara para a chegada da tempestade tropical Georgette, que deve chegar à região da Baixa Califórnia ainda nesta terça-feira.

(Reportagem de Erick Duran)

Tudo o que sabemos sobre:
MEXICODESLIZAMENTOMORRE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.