Deus acabará com império norte-americano, diz Chávez

Deus irá acelerar o fim do "império"norte-americano antes do fim da revolução cubana fundada porFidel Castro, disse nesta quarta-feira o presidente daVenezuela, Hugo Chávez, em uma nova troca de declarações com opresidente dos Estados Unidos, George W. Bush. Chávez, cuja aliança com Castro inclui a venda de petróleopara Cuba em condições preferenciais, reclamou que Bush tenhapedido a Deus para acelerar o fim do sofrimento dos cubanos. "Se Deus vai acelerar algo, já está acelerando, MisterBush. Sabe o quê? O fim do império norte-americano", dissedurante um evento televisionado com estudantes de medicina devários países, aos quais pediu uma "grande vaia" para Bush. O presidente cubano, Raúl Castro, iniciou uma tímidaabertura em algumas áreas desde que assumiu o poder na ilha,depois do afastamento por doença de seu irmão. Apesar de contínuos enfrentamentos verbais, Venezuela eEstados Unidos mantêm vigorosas relações econômicas. Entretanto, Chávez se queixa de um "insustentável" modeloconsumista da América do Norte que poderia acabar com a vida naterra. "Graças a Deus, ao Deus dos povos, ao Deus dos oprimidos,ao Deus dos explorados... o modelo norte-americano segue eseguirá em declínio, mas antes que caia o império, terminará omandato de Bush, que encheu o mundo de terrorismo, miséria,morte e fome", disse Chávez. O presidente da Venezuela citou declarações feitas por Bushhoras antes, quando o presidente norte-americano autorizou oenvio de celulares à ilha de Cuba, uma medida que deveria seraceita pelo governo cubano, segundo uma nova regulamentação. "O mundo agradece a Deus, pois agora 'you mister Bush, gohome, go home, finish"', disse, em inglês, referindo-se ao fimdo mandato de Bush, cujo substituto será eleito em novembro. (Por Patricia Rondón Espín)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.