Dilma e Cristina Kirchner se reúnem para tratar de parcerias entre Brasil e Argentina

Presidentes discutiram sobre comércio, investimentos e Mercosul por mais de três horas

Rafael Moraes Moura, O Estado de S.Paulo

07 de dezembro de 2012 | 22h20

BRASÍLIA - As presidentes Dilma Rousseff e Cristina Kirchner se reuniram nesta sexta-feira por mais de três horas no Palácio da Alvorada, para tratar de comércio, investimentos e parceria entre Brasil e Argentina no âmbito do Mercosul.

"O resultado (da discussão) foi aumentar o comércio, diversificar e encontrar maneiras de favorecer um intercâmbio comercial mais intenso, não só entre Brasil e Argentina, mas na região como um todo, na América do Sul", disse o chanceler brasileiro, Antonio Patriota, que considerou o encontro muito "construtivo e produtivo".

Segundo Patriota, uma reunião técnica envolvendo representantes dos dois governos deverá ocorrer na Argentina entre os dias 14 e 18 de janeiro. Cristina também convidou Dilma para ir a El Calafate, na patagônia argentina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.