Direitista Fujimori lidera em três pesquisa eleitorais no Peru

Filha do ex-presidente tem 53,7 % das intenções de voto, enquanto Humala aparece com 46,3 %

REUTERS

23 de maio de 2011 | 08h57

Em todas as pesquisas, Keiko lidera com mais de 3 pontos de vantagem.

   

 

LIMA - A parlamentar de direita Keiko Fujimori está à frente do ex-oficial do Exército e esquerdista Ollanta Humala a apenas duas semanas do segundo turno da eleição presidencial de 5 de junho, mostraram três pesquisas.

Levantamento do instituto CPI divulgado no início desta segunda-feira pela rádio RPP mostrou a filha do ex-presidente Alberto Fujimori, que está preso, com 53,7 por cento das intenções de voto, enquanto Humala aparece com 46,3 por cento, quando os votos brancos e nulos são anulados.

Já o instituto Ipsos disse que sua eleição simulada apontou Fujimori com 51,4 por cento dos votos, contra 48,6 por cento de Humala.

A eleição simulada da empresa de pesquisas Datum disse que Fujimori teria 52,4 por cento dos votos e Humala 47,6 por cento.

Fujimori, que é apoiada pela comunidade empresarial do país, viu sua vantagem nos levantamentos do CPI e da Ipsos crescer levemente. No levantamento da Datum, a vantagem dela diminiui um pouco.

Humala tem buscado convencer o eleitorado de que abandonou seu passado radical, embora críticos temam que, se eleito, ele pode pôr fim a anos de políticas pró-mercado numa economia crescente.

Os opositores de Fujimori afirmam que ela é muito próxima do pai e muito dependente do ex-auxiliares dele. O regime do pai da candidata entrou em colapso em meio a uma série de escândalos de corrupção e de abusos dos direitos humanos em 2000.

A pesquisa Ipsos ouviu 2 mil pessoas entre os dias 14 e 20 de maio e tem margem de erro de 2,2 pontos percentuais. O levantamento da Datum foi feito junto a 5.004 eleitores entre os dias 16 e 18 de maio com margem de erro de 1,4 ponto percentual. O instituto CPI ouviu 2.790 pessoas entre os dias 17 e 21 de maio, e tem margem de erro de 1,85 ponto percentual.

Tudo o que sabemos sobre:
PERUELEICOESFUJIMORI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.