'Dora' se transforma em furacão no Pacífico mexicano

Fenômeno é o quarto da atual temporada na região, depois da passagem de 'Adrian', 'Beatriz' e 'Calvin'

Efe,

20 de julho de 2011 | 04h25

MÉXICO - O "Dora" se transformou na terça-feira, 19, em furacão de categoria 1 na escala Saffir Simpson (que vai de 1 a 5) no oceano Pacífico, em frente à costa do estado mexicano de Guerrero, informou o Serviço Meteorológico Nacional (SMN).

Às 21h50 do horário local (23h50 de Brasília), o "Dora" se localizava 390 quilômetros ao sul de Acapulco, balneário turístico mexicano, com ventos máximos de 120 km/h e sequências de 150 km/h.

O furacão se desloca em direção noroeste à velocidade de 28 km/h, enquanto apresenta índice de periculosidade forte.

A zona de alerta vai de Lázaro Cárdenas del Río (estado de Michoacán) a Cabo Corrientes (Jalisco).

"O fenômeno irá provocar elevação das ondas em frente às costas de Guerrero e Oaxaca, alcançando a costa de Michoacán na tarde de quarta-feira, 20, pelo que as embarcações marítimas devem tomar precauções devido a chuvas, vento e ondas", informou o SMN.

O "Dora" é o quarto furacão da atual temporada no Pacífico, depois da passagem de Adrian (categoria 4), "Beatriz" (1) e "Calvin" (1).

No entanto, a tempestade tropical "Arlene", que se formou no Atlântico, foi a mais letal da temporada, pois deixou 20 mortos em sua passagem.

Tudo o que sabemos sobre:
furacãodoraacapulcopacífico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.