Economia de Cuba deve cresce 3,1% em 2011, diz autoridade

A economia cubana deve cresce 3,1% em 2011, acima dos 2,1 por cento de 2010, disse no sábado um líder do Parlamento do país.

REUTERS

18 de dezembro de 2010 | 14h16

"O plano para 2011, que está sob análise da Assembleia Nacional, prevê um crescimento do Produto Interno Bruto de 3,1 por cento", disse Osvaldo Martínez, presidente da Comissão de Assuntos Econômicos do Parlamento.

Cuba está introduzindo uma série de ajustes para reativar sua economia socialista, afetada por problemas de liquidez e forte dependência das importações.

(Reportagem de Nelson Acosta)

Tudo o que sabemos sobre:
CUBAECONOMIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.