Economia do Equador cresceu 4,8% no 1o tri, diz Correa

A economia do Equador cresceu 4,8 por cento no primeiro trimestre deste ano sobre o mesmo intervalo de 2011, disse o presidente do país, Rafael Correa, neste sábado.

Reuters

30 de junho de 2012 | 14h39

As maiores exportações de petróleo, junto à maior coleta de impostos, permitiram que o governo elevasse os gastos com bem estar social nos últimos anos, o que tem impulsionado o crescimento econômico do Equador.

"Nos primeiros três meses de 2012, segundo dados oficiais do banco central, tivemos uma taxa de crescimento de 4,8 por cento", disse Correa em seu discurso semanal na televisão.

A economia do equador cresceu 7,8 por cento em 2011, bem acima da taxa vista em 2010.

O país prevê expansão de 5,4 por cento de seu Produto Interno Bruto (PIB) em 2012.

(Por Eduardo Garcia)

Mais conteúdo sobre:
EQUADORECONOMIACRESCE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.