Elida torna-se segundo furacão da temporada no Pacífico

Fenômeno ganha força e alcança categoria um na costa os EUA e México, com ventos de 120 km/h

Agência Estado e Associated Press,

14 de julho de 2008 | 13h39

A tempestade tropical Elida ganhou força e transformou-se no segundo furacão a se formar no Oceano Pacífico na atual temporada do fenômeno, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos nesta segunda-feira, 14.  De acordo com a instituição, o olho do furacão Elida encontrava-se a 540 quilômetros de Cabo Corrientes, no México. O fenômeno desloca-se a oeste-noroeste a 26 quilômetros por hora e a expectativa é de que a velocidade diminua dentro dos próximos dias. Os ventos sustentados do fenômeno são de 120 quilômetros por hora, mas algumas rajadas atingem velocidade superior. No Atlântico, a tempestade tropical Bertha, que na semana passada ganhou força de furacão, provocou ventanias em Bermuda e altas ondas na costa leste dos Estados Unidos. O olho da tempestade está a apenas 120 quilômetros de Bermuda e seus ventos alcançam 108km/h.

Tudo o que sabemos sobre:
furação Elida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.