Emboscada das Farc mata sete pessoas na Colômbia

Pelo menos três policiais e quatro civis morrem durante ataque a tiros e com explosivos contra patrulha

Efe,

12 de fevereiro de 2009 | 15h28

Pelo menos três policiais e quatro civis morreram e outras 15 pessoas ficaram feridas nesta quinta-feira, 12, em uma emboscada de supostos rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) a uma patrulha de soldados nos arredores da localidade de Convención, informaram autoridades regionais. O ataque foi registrado em uma paragem rural dessa localidade do departamento do Norte de Santander, disse o comandante regional da Polícia, o coronel Richard Portilla. Um porta-voz que pediu para não ser identificado disse à Agência Efe que a patrulha foi atacada a tiros e com explosivos em uma área conhecida por abrigar as casas de prostituição da região. Portilla disse em Cúcuta, a capital departamental, que os soldados se mobilizaram para atender a um suposto duplo homicídio na região. A cilada foi atribuída à frente Farc que atua nessa região da fronteira nordeste com a Venezuela.

Tudo o que sabemos sobre:
FarcColômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.