Empresário canadense chega ao Canadá após ser libertado em Cuba

O empresário canadense Cy Tokmakjian chegou ao Canadá neste sábado depois de ser liberado pelas autoridades de Cuba, apenas cinco meses depois de ter sido condenado a 15 anos de prisão sob a acusação de suborno e outros crimes econômicos.

REUTERS

21 de fevereiro de 2015 | 17h24

"Cy voltou para casa em bom estado de saúde... e não vê a hora de passar um tempo com sua família, que inclui três filhos amorosos e sete netos animados", disse Barry Papazian, conselheiro legal para a família e o Tokmakjian Group.

Tokmakjian, fundador da Vaughn, com sede em Ontário, foi condenado em setembro passado.

O Grupo Tokmakjian, que tinha cerca de 80 milhões de dólares em negócios anuais com Cuba, até em setembro de 2011, chamou o caso de um "show de julgamento" e uma "paródia de justiça."

(Reportagem de Frances Kerry em Washington)

Tudo o que sabemos sobre:
CUBACANADAEMPRESARIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.