Equador aprova 'Comissão Legislativa' para transição

Governo vai realizar um referendo para aprovar a Nova Constituição em 28 de setembro

Efe,

24 de julho de 2008 | 02h52

A Assembléia Constituinte do Equador aprovou nesta quarta-feira, 23, a criação de uma "Comissão Legislativa" que fará às vezes de Parlamento durante um regime de transição, para suprir o vazio desse poder enquanto se aprova a nova Carta Magna. O regime de transição, aprovado com o suporte de uma maioria governista, inclui ainda a reestruturação das cortes de Justiça e eleitoral. Essa resolução entrará em vigor somente se a nova Constituição, cujo projeto foi elaborado pela Assembléia nos últimos oito meses, for aprovada pelo povo em um referendo que será realizado em 28 de setembro.

Tudo o que sabemos sobre:
EquadorAssembléia Constituinte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.