Daniel Tapia/Reuters
Daniel Tapia/Reuters

Equador: Comissão legislativa aprova seguimento de pedido de impeachment contra Glas

Ele havia sido condenado em primeira instância por formação de quadrilha no escândalo da Odebrecht

EFE

17 de dezembro de 2017 | 15h59

QUITO - A Comissão de Administração Legislativa (CAL) da Assembleia Nacional do Equador aprovou neste domingo, 17, a continuidade de um pedido de impeachment contra o vice-presidente afastado do país, Jorge Glas, condenado em primeira instância a seis anos de prisão por formação de quadrilha no escândalo da Odebrecht.

"Depois de cumprir com o devido processo e com os prazos contemplados pela Constituição e a Lei Orgânica da Função Legislativa, a CAL aprova o envio à Corte Constitucional do processo de impeachment contra o vice-presidente Glas", afirmou o presidente da Assembleia Nacional, o governista José Serrano.

+++ Procuradoria do Equador quer investigar se vice se envolveu no caso Odebrecht

Na última quarta-feira, um tribunal de primeira instância condenou Glas a seis anos de prisão por envolvimento no escândalo de corrupção da Odebrecht no país. O vice-presidente já anunciou que recorrerá da decisão. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.