Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Equador continua reforçando as tropas na fronteira colombiana

O Equador continuou reforçando naterça-feira o contingente militar deslocado para a fronteiracom a Colômbia, em meio à disputa desencadeada por uma incursãonão autorizada de aeronaves e tropas colombianas em territórioequatoriano, num ataque contra um acampamento das ForçasArmadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Inicialmente o Equador afirmou ter deslocado cerca de 3.200militares para a província amazônica de Sucumbíos, umaárea-chave no limite entre os dois países. Mas o ministro daDefesa, Wellington Sandoval, garantiu que as cifras erammaiores. "É mais do que isso (os 3.200 militares)", disse Sandoval,quando lhe perguntaram se mantinha o número divulgado demilitares mobilizados por causa da crise, discutida amplamentenos órgãos de integração regional que buscam pôr fim à tensão. "Eles vão ficar em toda a extensão da fronteira norte",acrescentou, deixando entrever que a mobilização incluía asprovíncias de Carchi e Esmeraldas. O Equador considerou a incursão militar colombiana umaagressão territorial e rompeu relações com a Colômbia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.