Equador, Cuba e Venezuela trabalharão juntos por eficiência energética

Entre os temas principais que serão tratados no fórum destaca-se a revolução energética cubana, a eficiência energética e o manejo soberano dos recursos naturais

EFE

20 de fevereiro de 2010 | 03h02

Representantes do Equador, Cuba e Venezuela trabalharão na próxima semana na cidade equatoriana de Cuenca para melhorar a eficiência energética e trocar conhecimentos e experiências sobre o manejo de recursos naturais.

 

O fórum internacional de Eficiência Energética, que será realizado na próxima quarta-feira, contará com a presença do ministro equatoriano de Recursos Naturais Não Renováveis, Germánico Pinto, o gerente geral da companhia petrolífera venezuelana PDVSA, Juan Ramón Arias e o representante da Indústria Básica de Cuba Roberto González.

 

Também participarão o presidente do Plano de Soberania Energética do Equador, Juan Pablo Serrano, cuja instituição auspicia o encontro, assim como o ministro de Eletricidade, Miguel Calahorrano, e a ministra coordenadora de Patrimônio, María Fernanda Espinosa.

 

Entre os temas principais que serão tratados no fórum destaca-se a revolução energética cubana, a eficiência energética e o manejo soberano dos recursos naturais, o desenvolvimento tecnológico e de alternativas na geração energética visando à sustentabilidade e experiências bem-sucedidas no setor termoelétrico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.