Equador diz que prepara novas medidas contra Colômbia

O presidente de Equador, Rafael Correa,alertou nesta segunda-feira que adotará medidas diplomáticasmais duras nas próximas horas, na disputa que mantém com aColômbia devido à incursão de militares colombianos no paísdurante uma operação contra a guerrilha Farc. Correa não deu detalhes sobre o alcance das medidas, emmeio a uma tensão detonada pelas circunstâncias em que morreuno sábado em território equatoriano o guerrilheiro "RaúlReyes", o segundo homem da cúpula das Forças ArmadasRevolucionárias da Colômbia (Farc). Correa determinou que a segurança na fronteira com aColômbia fosse reforçada, enquanto lançou ações diplomáticasque incluíram a retirada de seu embaixador em Bogotá e aexpulsão do representante colombiano em Quito, na pior crisediplomática da história recente entre ambos países. O presidente equatoriano também negou ter contatos com asFarc. (Por Carlos Andrade García)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.