EUA cancelam alerta de tsunami para países do Pacífico

Centro diz que dados sobre nível do mar indicam que houve amplo tsunami, mas já não ameaça mais as costas

EFE,

28 de fevereiro de 2010 | 08h40

A Administração Nacional de Atmosfera e Oceanos (NOAA, em inglês), dos Estados Unidos, cancelou neste domingo o alerta de tsunami que havia emitido para os países do Pacífico após o terremoto deste sábado no Chile.

 

"O alerta de tsunami emitido para todo o Pacífico foi cancelado para todos os países", indicou o centro de advertência de ondas gigantes da NOAA.

Segundo o centro, os dados sobre o nível do mar indicam que houve um amplo tsunami, mas que já não ameaça mais as costas do Pacífico.

 

O potente terremoto registrado no Chile, que deixou mais de 300 mortos, provocou um tsunami que pôs em alerta todos os países banhados pelo Pacífico.

 

Quase ao mesmo tempo do anúncio da NOAA, a Agência Meteorológica do Japão rebaixou o alerta máximo de tsunami que tinha emitido hoje para o nordeste do país.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.