EUA prendem 303 acusados de pertencerem a cartel mexicano

Cartel de La Família atua no sudoeste mexicano e distribui de cocaína e metanfetaminas nos EUA

Reuters,

22 de outubro de 2009 | 15h47

Forças de segurança dos EUA prenderam 303 pessoas em 19 Estados nos últimos dois dias acusados de participar de rotas de tráfico de drogas ligadas a cartéis mexicanos.

Veja também:

link Vítimas do crime organizado no norte do México crescem 24,8%

"Hoje demos um importante passo para desmantelar um grupo que usa um verniz ideológico para aterrorizar comunidades no México e traficar drogas nos EUA", disse o diretor do FBI, Robert Mueller.

De acordo com o FBI, o cartel 'la Família' se tornou uma sofisticada organização criminosa. O secretário de justiça dos EUA, Eric Holder, disse que as prisões são parte de uma investigação que já dura 44 meses, chamada projeto Coronado. Até hoje, a operação já levou a prisão de 1,2 mil pessoas e a apreensão de 11,7 milhões de toneladas de drogas.

O cartel de La Família atua no sudoeste mexicano. A quadrilha controla a produção e distribuição de cocaína e metanfetaminas no México e nos EUA.

Tudo o que sabemos sobre:
MéxicoEUATráfico de drogas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.