Ex-ditador boliviano é preso sob efeito de drogas

Um ex-ditador boliviano foi preso sob suspeita de ter cometido ato obsceno em público quando estava sob efeito de drogas, informou uma fonte da promotoria distrital.

REUTERS

18 de agosto de 2010 | 15h20

Juan Pereda, de 79 anos, ex-general da Força Aérea que governou o país por quatro meses em 1978, foi detido na terça-feira na cidade de Santa Cruz de La Sierra, na região leste da Bolívia. A mídia local informou que no carro dele foi encontrada cocaína.

"O relato é de um ato obsceno na rua...ele parecia estar sob influência de algum tipo de droga alucinógena", disse a fonte, que pediu para não ser identificada.

A mídia local afirmou que, supostamente, Pereda se expôs de modo indecente em frente a algumas estudantes. Mas o diário La Razón informou que um promotor especial que representa as vítimas disse que ele não seria indiciado por molestá-las por falta de provas.

"Pereda estava sob efeito de cocaína... Encontramos no porta-luvas dois pacotes de cigarros nos quais havia drogas", disse o promotor Francisca Rivero, de acordo com a mídia local.

Pereda tomou o poder por meio de um golpe de Estado em 1978 contra o ditador Hugo Banzer.

(Reportagem de Carlos Quiroga)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLIVIAEXDITADORPRESO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.